Arraes já era vigiado antes do golpe

Por: José Almino de Alencar Não acredito ser ocupação habitual de um filho passar uma tarde lendo o prontuário do pai, ficha policial onde estão registrados fatos da vida pregressa de criminosos e contraventores, suas condenações e prisões, assim como da vida carcerária do condenado. Ao percorrer aquela documentação, esbarro com esta “parte de serviço” de […]